Buscar
  • coletivopisa

Av. Paulista: a construção da esfera pública na cidade

Fotos: Giovanna Fluminhan

Há um século a Avenida Paulista é palco histórico de manifestações culturais na cidade: o corso de domingo, o carnaval de rua, os bailes no Trianon marcaram o espaço público da cidade nas primeiras décadas do século XX. Mais recentemente diferentes grupos sociais se expressam na avenida, no vão livre do MASP, nas diversas manifestações e celebrações.


Ao mesmo tempo que foi se constituindo como espaço público emblemático, a Avenida Paulista foi disputada palmo-a-palmo pelos empreendimentos imobiliários e corporativos, que instalaram na Paulista a vitrine da modernidade a partir da década de 1950. Em muitos lugares a iniciativa privada produziu espaços de uso público em arranjos de diversos tipos. Na última década, uma nova rodada de transformações na avenida trouxe novas instituições culturais, a bicicleta, os usos de lazer no domingo. O que se passa na cidade acontece mais intensamente na Paulista.


O percurso noturno na Avenida Paulista aborda a complexa construção de uma esfera pública no lugar, tanto os arranjos público-privados que resultaram na espacialidade atual, quanto os movimentos que tensionaram o cenário político e comportamental, exigindo visibilidade e políticas públicas.


por Giovanna Fluminhan, Renata Pante, Renato Cymbalista e Ricardo Assumpção

0 visualização
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W
  • Twitter B&W

© 2018 por Giovanna Fluminhan e Stephanie Guerra. Coletivo PISA.